3 de março de 2014

Superior Tribunal Federal desnudo

Se alguma dúvida restava que o Supremo Tribunal Federal estava dominado pela presença de uma  maioria de ministros escolhidos a dedo por Dilma, agora caiu o véu de uma vez. Com o resultado da votação sobre os embargos infringentes, hoje o condenado Zé Dirceu vai poder comemorar, junto com o Lula  abrindo uma garrafa de vinho da safra especial de no mínimo R$ 15 mil. Como é sabiamente do seu gosto. Bem que Lula se esforçou por cumprir a promessa de que o mensalão nunca existiu. Não conseguiu, mas está se consolando co  o resultado que deixa Dirceu em prisão semiaberta. É bom que se diga que isso não o transforma em semicondenado, chefe dos mensaleiros ele é, e será, para todo o sempre. Foto: Web de alguns ministro que votaram contra o enquadramento de mensaleiro em quadrilha e amenizar o tempo que cumpriram na cadeia. Mara Montezuma Assaf. São Paulo/SP