7 de abril de 2014

Hospital dos Servidores do Estado pede socorro

Denuncio as péssimas condições em que se contra o Hospital dos Servidores do Estado (HSE). Recentemente, o secretário Décio Padilha foi até este hospital, e os administradores "maquiaram" tudo. Falta até água para beber. Os médicos da emergência não têm como dar remédios ao paciente porque não tem água. O elevador está quebrado. O secretário nem foi até as enfermarias, com certeza para que os pacientes internados não reclamassem pelas melhorias, não reclamassem do calor insuportável. Onde está o dinheiro para investimento? Só ouvimos promessas. As reformas dos setores de emergência, ambulatório e crônicos estão paradas, a UTI está sem ar-condicionado. Faltam equipamentos para os leitos. Até estetoscópio falta na emergência. As cirurgias estão canceladas por falta de material e anestesista. Mas, os servidores usuários do Sassepe precisam de ajuda. Já enviei reclamações através da ouvidoria do hospital, mas ninguém dá retorno. Só posso pedir ajuda a Imprensa. Foto: Firmino Caetano Junior. Josefa Carneiro. Recife/PE