10 de maio de 2014

Na manutenção das estradas, até parece que estão usando material de péssima qualidade

O Governo Federal gasta muito dinheiro no recapeamento da BR 101, importante malha rodoviária que corta este Brasil afora, entretanto não fiscaliza o tipo de material utilizado para tapar os buracos da mesma. Logo após que são feitos os reparos na maior pressa do mundo levando só alguns dias para isso, o asfalto reaparece novamente danificado e com mais intensidade. A BR 101 norte entre a cidade de Igarassu e Abreu e Lima, ambas na Região Metropolitana do Recife, possui vários trechos que foram recapeados e já estão danificados e isso é um descaso muito grande para com o povo, que paga um monte de impostos e em quase nada é beneficiado. Onde vamos parar desse jeito? E como perguntar não ofende: Que tipo de materiais estão sendo aplicados para tapar os buracos? Foto: Fernando Melo. Igarassu/PE