4 de maio de 2014

Vontade tem força na educação

“Sem vocês isto não seria possível!”. Foi assim que a diretoria da escola Erem Devaldo Borges, localizada no centro da cidade de Gravatá, estado de Pernambuco, encerrou uma semana de um Projeto de Vivências e Valores na Escola. O mais interessante foi de fato, toda comunidade poder manifestar os seus sentimentos de diversas formas, tais como poesia, música, danças, pintura, etc. E mesmo com certas dificuldades, teve sucesso, e  pela primeira vez a teoria de Henri Fayol tornou-se prática em um ambiente escolar. Ou seja, a hierarquia deixa de ser uma distância impeditiva das ações deliberadas de valores humanos e vivências entre as pessoas. Da cúpula aos cargos mais simples da escola, mostraram as suas capacidades de se realizar ações culturais até então consideradas “tabus” em um ambiente escolar. Todos tiveram sua oportunidade de exibir seus talentos individuais (individual) na arte e na cultura.  Para os que participaram ou assistiram, sem comentários. Nunca tinham visto isso antes e nem mesmo em filmes. Parabéns, pessoal! Foto/Fonte: Breno dos Santos. Gravatá/PE