3 de maio de 2014

Choveu no Recife, sobra para o povo

É sempre assim. Choveu, lascou. Sobra para a população. Apesar de irritados por causa de decepções anteriores, os recifenses constantemente passam por maus momentos, especialmente quando pesadas chuvas desabam sobre o Recife. O toró de terça-feira passada deixou a população do Grande Recife novamente revoltada. Descontente com o descaso, insatisfeito contra o desleixo na manutenção de ruas limpas. Na conservação de avenidas secas para permitir uma mobilidade tranquila, possibilitar o fluxo normal de carro, sem causar transtorno aos motoristas. Mas, infelizmente, com a chuva a Região Metropolitana do Recife travou de novo. O trânsito congestionou, a mobilidade das pessoas ficou um inferno. Pegar ônibus ou metrô foi difícil pra caramba, devido aos alagamentos que trouxeram o caos outra vez para o povo. Já tremendamente incomodado com a péssima lembrança de invernos passados. A foto é de um trecho da Avenida Caxangá, cruzamento com a Rua Dom José Pereira Alves, no bairro do Cordeiro, no Recife, que quando chove fica praticamente intransitável e ninguém revolve nada. Carlos Ivan. Olinda/PE