9 de junho de 2014

Manifestações populares e a Guarda Municipal fazendo parte dos protestos

Depois que virou palco de manifestações, tá difícil circular pelas ruas do Recife, principalmente pelas vias centrais da cidade. Sem infraestrutura adequada para receber o fluxo de veículos e a entrada de novos carros, a Capital de Pernambuco trava normalmente com os congestionados. Aí sem alternativas, a cidade vira um caos, especialmente quando junta mobilidade urbana com manifestações. Em dias de movimentos grevistas, então, a confusão aumenta. A falta de abertura de novas vias de circulação, a carência de planos para melhorar a mobilidade urbana, duplicam os transtornos. A infeliz coincidência dos concurseiros da Guarda Municipal reclamando irregularidades nas provas realizadas no domingo passado, a insatisfação dos próprios Guardas Municipais protestando contra os insolúveis problemas no plano de carreira da categoria, bem como a movimentação de ex-moradores de áreas de invasão desapropriadas, deixaram a Avenida Cais do Apolo completamente intransitável na última sexta-feira, prejudicando nilhares de pessoas que regularmente transitam pela via em frente ao prédio da Prefeitura, desconhecendo a coincidência das três manifestações que se realizavam no mesmo dia, na hora do rush naquela via. Foto: Carlos Augusto. Carlos Ivan. Olinda/PE