19 de julho de 2014

Casamento gay na novela da Globo

O casamento entre duas moças mostrado em horário nobre em uma novela na televisão brasileira demonstra o fim da estrutura familiar tradicional e por outro lado inspira os jovens e crianças a experimentarem o relacionamento homossexual, enquanto deturpa completamente o dever de uma concessionária de serviços públicos de apresentar conteúdo apropriado para o horário. Particularmente nada tenho contra a homossexualidade, mas é absolutamente desnecessário que seja mostrado um casamento entre duas moças em horário nobre desrespeitando crianças e demais espectadores apenas para alavancar a audiência e provocar polêmica. A desestruturação da família é a principal causa dos problemas sociais, econômicos e estruturais que o Brasil enfrenta, portanto as autoridades devem cobrar da emissora o cumprimento da função social da programação  para crianças e adolescentes como elemento constitutivo  da concessão pública. Ressalto que o casamento homossexual já tem o amparo das leis e os casais já possuem os mesmos direitos e a prática já existe há milênios, entretanto isso não é justificativa para banalizar e transformar essa questão em algo plenamente natural. Foto: Site Globo.com. Daniel Marques. Virginópolis/MG