11 de julho de 2014

Emergência de hospital precisa de mais médicos

Estive com uma filha especial as 9H30 do dia 09.07.2014, na Emergência do Hospital dos Servidores do Estado, em razão da mesma ter sofrido uma queda e ficou com vários hematomas pelo corpo e face. Fiquei um bom tempo na sala de triagem esperando ser chamado, Finalmente foi solicitado a sua presença na sala de uma enfermeira. Depois de olhar a menina, encaminhou a uma outra sala para ser atendido por um médio de plantão. O profissional de saúde consultou a minha filha e solicitou que fosse tirado um Raio X da face, para verificar se havia algum hematoma grave. Quando o resultado do Raio X chegou quem viu foi uma outra médica. Como ficou em duvida devido a péssima qualidade do exame, mandou que o médico que o atendeu desse uma olhada, que informou o seguinte: O Raio X  apresentava um quadro de hematomas e escoriações e mandou procurar um médico especialista em Buco-Maxilo-Facial no Hospital Geral de Areias, pois lá na emergência não tinha um profissional nesta área. Afinal, quem já se viu emergência de hospital sem oculistas, ortopedistas, dentistas, neurologistas entre outros? Será que vou ter que ir até um hospital público para uma nova consulta, tirar um novo Raio X e ter que enfrentar filas quilométricas para conseguir tudo isso? E como fica a situação de minha filha? Quem vai atendê-la? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE