22 de agosto de 2014

Cartela de remédio com um parafuso dentro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou dia 20.08.2014 a suspensão de lotes de seis medicamentos. As resoluções foram publicados no Diário Oficial da União. Segundo o governo, todos os lotes dos produtos suspensos serão recolhidos pelos fabricantes, sendo quatro do Laboratório Teuto Brasileiro. Um destes quatro foi o lote 1998101 (validade 1/05/2015) de paracetamol 500mg, que teve denúncia ao Procon por parte de consumidor que encontrou um parafuso no lugar do comprimido em uma das cartelas. Os outros produtos do laboratório suspensos foram: nistatina e atorvastatina cálcica comprimidos. Já o medicamento Tabine (citarabina), da empresa Meizler UCB biopharma, teve 13 lotes suspensos e também o lote 86199 do medicamento Tamsulom, da empresa Zodiac Produtos Farmacêuticos S.A. A Anvisa irá investigar as queixas técnicas e avaliar eventuais penalidades a serem aplicadas, inclusive possíveis fechamento. Multa pode oscilar entre R$ 2 mil e R$ 1,5 milhão. Foto ilustrativa: Firmino Caetano Junior. Fonte: Agência Estado