25 de agosto de 2014

Hospital pede socorro

O Hospital Getúlio Vargas, localizado no Bairro do Cordeiro, Recife, referência em traumatologia, presta bons serviços em regime ambulatorial de emergência e de internamento à população. Por ser público, o HGV é bastante procurado pelos pacientes do SUS. Por mês a unidade realiza 800 cirurgias. Na emergência, registra mais de 14 mil atendimentos ambulatoriais e de emergência mensalmente. Funcionando há 60 anos, o Getúlio Vargas só recebia elogios. No entanto, devido ao descaso da Secretaria de Saúde, apresenta rachaduras no teto, nas paredes de corredores e até nas enfermarias de diversos pavimentos do edifício. Com medo de constantes estalos, os funcionários ameaçaram paralisar os serviços.  Inclusive a equipe médica teve de adiar cirurgias eletivas porque das 19 salas de cirurgias, somente uma encontra-se em perfeito estado de uso. É isso, somente depois de sofrer reações, a administração do Hospital tomou providências para iniciar os serviços de reestruturação do antigo prédio. Uma vergonha. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE