16 de agosto de 2014

Marina assumindo candidatura à presidente, quem ganha é Lula

Ela era filiada ao Partido dos trabalhadores, foi ministra de Meio Ambiente no governo Lula. Depois foi para o PSOL. Depois tentou montar a Rede Solidariedade e não conseguiu em tempo hábil para se lançar candidata por este novo partido. Então, de forma muito oportuna, se filiou ao PSB para sair como vice de Eduardo Campos. Eduardo, por sua vez, se lançou candidato à revelia da vontade de seu amigo Lula, porque não concordava com manter-se Dilma no poder, já que não aprovava os rumos que o PT estava dando ao país. O que resta disso tudo? A Lula resta tudo de bom, pois se Marina Silva assumir a candidatura à presidência pelo PSB, tudo se acerta nesta corrida ao poder: ele tem dois cavalos na corrida: Dilma, o favorito e Marina, porque ela, uma vez petista, petista sempre. Foto: Alan Sampaio. Mara Montezuma Assaf. São Paulo/SP