4 de outubro de 2014

Nada mais que promessa de candidato, mais o povo quer remédios

Assisti na terça-feira dia 30 de setembro o debate na Televisão entre os candidatos ao governo de Pernambuco, e fiquei estarrecido quando Paulo Câmara candidato indicado pelo então ex-governador Eduardo Campos falecido recentemente em desastre de avião, afirmou que uma de suas propostas para a Saúde seria a entrega de medicamentos em domicílio, pois quando fui buscar a Insulina Lantus na farmácia do Estado Unidade Judicial me informaram que há dias o medicamento estava em falta e não havia previsão para chegada. Percebi a indignação, sobretudo de idosos, diabéticos, etc que dependem do remédio. Liguei novamente e fui atendido por um funcionário que disse que o remédio ainda não havia chegado e nem havia previsão, que tornasse a ligar em um outro dia. Será que podemos acreditar em promessa? Foto: Firmino Caetano Junior. João Guilherme. Recife/PE