10 de outubro de 2014

Professores irão cobrar promessa e como ficará salário dos outros servidores?

Com é do conhecimento de todos, o futuro governador do Estado de Pernambuco, será o Sr. Paulo Câmara, eleito democraticamente com o voto do povo. Durante campanha fez promessa que caso eleito iria dobrar o salário dos professores da rede estadual de ensino. Terá que ser pago a cada um R$ 4 mil e ninguém sabe ao certo de onde vai sair este dinheiro, já que o Estado não anda bem com suas finanças. A não ser que esteja errado, e tudo anda as mil maravilhas. Ou seja: Há dinheiro em caixa sobrando. Por outro lado, isso vai provavelmente gerar uma dor de cabeça tremenda ao nosso novo governador, caso a promessa for cumprida, e veja a razão principal para isso. Será que os outros funcionários deste mesmo governo (dezenas de outras secretarias) não irão também querer aumento nos seus vencimentos? Será que o governador eleito pensou nisso? E outro detalhe importante: Se os outros funcionários não forem atendidos na questão aumento, o Estado não vai parar de tanta greve? Quem garante que isso não vai acontecer? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE