10 de outubro de 2014

Vacinação contra o Papilomavírus

Pouco mais de um mês depois do início da aplicação da 2ª dose da vacina contra o Papilomavírus Humano (HPV), a Secretaria de Saúde do Recife reforça a importância da continuidade do esquema vacinal para garantir a proteção adequada. Na capital pernambucana, das 34.156 adolescentes que fazem parte do grupo prioritário, aproximadamente 12% procuraram os postos de vacinação. A primeira etapa, que ocorreu em abril, chegou a 100% de cobertura. Dados do Programa Nacional de Imunização (PNI) apontam que, no Recife, as adolescentes de 13 anos são maioria – 16% – na procura pela vacina. Foram aplicadas em todo o município apenas 3.910 doses, de um total de 34.156 que precisam ser administradas. A imunização pode ser feita em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs), incluindo as Upinhas 24 horas e Upinhas Dia, além das policlínicas da rede municipal. O público-alvo são as adolescentes do sexo feminino com faixa etária entre 11 e 13 anos. Meninas que completaram 11 anos há pouco tempo e não tomaram a 1ª dose também podem receber a vacina. É preciso levar cartão. Foto/Fonte: Secretaria de Saúde da Prefeitura da cidade do Recife