5 de novembro de 2014

Jorrando água sem parar e centenas sem ter acesso ao líquido

Um vazamento de médio porte está acontecendo na Rua Firmino de Barros, ao lado do imóvel de número 51. no bairro do Cordeiro, no Recife, rua essa que fica em um dos cruzamento da Avenida Caxangá, e bem no meio da pista para todo mundo ver. Trata-se na realidade de um cano que fornece água para várias residências, que furou em decorrência do peso dos carros e caminhões que trafegam pelo local todos os dias, pois o movimento nesta rua é intenso. Em razão disso, o desperdício por enquanto está sendo pouco, mas como água hoje é luxo e precisamos economizar bastante para não faltar no futuro, é preciso que este cano seja consertado o mais breve possível, pela Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), antes que a água não falte nas torneiras do povo. Segundo populares, o vazamento já vem acontecendo a pelo menos uns dois dias ou mais. Que medidas serão tomadas para que este vazamento será corrido de imediato? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE