12 de janeiro de 2015

Doença sem cura está matando cavalos

Os cincos cavalos do Regimento de Policia Montada de Pernambuco que foram contaminados por uma doença incurável provocada por uma bactéria e tiveram de ser sacrificados, sempre tiveram um tratamento especial por serem da corporação policial. Agora o que fazer com a enorme quantidade de animais soltos pelas cidades da Região Metropolitana do Recife, que circulam livremente pelas vias públicas e poderão estar contaminados e espalhando a doença para todo o estado. As autoridades nunca deram atenção para esses criadores de animais de grande porte instalados nas zonas urbanas, e pelo visto estamos em sinal de alerta para a saúde pública. Foto: Firmino Caetano Junior. Fernando Melo. Igarassu/PE