25 de fevereiro de 2015

A história da corrupção brasileira

Os custos de campanhas eleitorais no Brasil são crescentes e movimentam um gigantesco mercado de valor. É a maior fonte de corrupção política e atualmente é feito por financiamentos de recursos públicos do fundo partidário e de doações de pessoas físicas e pessoas jurídicas sem contar com o caixa dois. Os custos crescentes de campanhas eleitorais provocam ligações perigosas entre políticos, partidos e empresas. O problema do financiamento de campanhas ficou claro na eleição de Collor. Naquela eleição, era proibida a doação por parte de pessoas jurídicas para campanhas eleitorais. Com isso por meio das artimanhas de PC Farias, Collor e Itamar foram eleitos usando dinheiro dos empreiteiros que era proibido por lei, mas todos candidatos usavam deste artifício. A maior vergonha foi que o Congresso que puniu Collor por usar dinheiro de empreiteiros, regulou na campanha de FHC que os partidos poderiam receber financiamento das empresas. Foto: Web. Edson Campos E Silva. Recife/PE