20 de março de 2015

Obras paradas, mobilidade comprometida

Basta andar nas ruas e avenida para concluir que a mobilidade urbana, um dos itens de trafegabilidade no Recife e Região Metropolitana, está comprometida. As obras prometidas desde o ano de 2010 ou estão paralisadas ou andam a passos de tartaruga e sem prazo de conclusão. Alega o poder público que a causa de tanta demora na entrega da hidrovia do Capibaribe, no Plano Cicloviário, no Túnel da Abolição, nos Corredores Leste/Oeste e Norte/Sul do BRT, é a falta de repasse dos recursos federais que está travado por motivos diversos. Passada as eleições com um mundo de promessas, tudo volta à estaca zero para sofrimento e aborrecimento do povo pernambucano. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE