6 de dezembro de 2013

Aposentadoria

Pelo que li, José Genoino terá direito a R$ 20.004,16 mensalmente na forma de aposentadoria proporcional, e talvez ainda venha a receber "algum" a mais se a Câmara dos Deputados julgar procedente a "invalidez" por ele requerida. Genoino "trabalhou" 24 anos e alguns meses como deputado, recebendo, além de salários, todas as benesses (que não são poucas) que os "nobres" deputados se auto-oferecem. Eu, que trabalhei por pouco mais de 35 anos e usufruí férias de apenas 20 dias (vendia 10), nunca recebi passagens aéreas gratuitas, não tive verbas de representação, de gabinete, de correio, de combustível, de periódicos, auxílio-moradia, 200 mil páginas impressas na gráfica por ano, 15 mil cópias por mês de discursos (independentemente do tamanho), nem diárias "gordas" quando viajava a trabalho, recebo um pouco menos que o "perseguido" deputado: o governo me "presenteia" com R$ 678 por mês. Ou seja, embora tenha trabalhado quase 11 anos mais que ele, preciso de 29 meses e 16 dias para receber o que Genoino receberá a cada mês. Pergunto: alguma coisa deve estar errada, ou não? Foto: Firmino Caetano Junior. Marcos L. Susskind. São Paulo/SP.