16 de junho de 2014

População inadimplente e haja compras

A população do Recife pegou a mania do consumismo. Tá se ferrando em dívidas pessoais, deixando a Câmara de Dirigentes Lojistas bastante preocupado com o alto índice de inadimplência. O endividamento das famílias, o aumento das contas ou prestações em atraso, o gigantismo do calote tem crescido em proporções alarmantes na cidade a ponto de causar muita preocupação. Credita-se às facilidades do acesso ao crédito, ao mau uso do cartão de crédito, principalmente entre os jovens, considerados inexperientes no controle da capacidade financeira, à vaidade familiar em comprar desnecessariamente, bem como à falta de planejamento, as reais causas para muita gente ter o cadastro sujo na praça. Proibido de usar o crediário novamente, até limpar o nome nos serviços de proteção ao crédito. O intrigante é o fato de a população vir recebendo aumento salarial acima da inflação e a taxa de desemprego vir despencando. Mas, nem isso tem contribuído para evitar a elevada reincidência das dívidas. O desnecessário adiamento do pagamento das prestações vencidas e não pagas. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE