6 de julho de 2014

Recife, uma cidade problemática

Embora eleita uma das atrações turísticas do Brasil, um destino turístico do país, Recife enfrenta mil problemas. Alguns eternizados, herdados de fracas gestões. Envergonha passar na frente dos hospitais públicos lotados com filas intermináveis. Enoja circular pela imensa quantidade calçamentos esburacados, sem pavimentação. Entristece constatar a precariedade do saneamento básico perturbando muitas famílias. Incomoda a insegurança invadindo ruas devido às deficiências policial e judicial, causadoras de impunidade. Dói na vista ver a sujeira sujando a imagem da cidade por falta de limpeza.  Estressa qualquer motorista ou passageiro ter de enfrentar o péssimo trânsito, sempre congestionado, andando na precariedade do transporte coletivo. Impacienta perder tempo na vergonhosa e lenta mobilidade urbana.  Irrita ver a pobreza da educação oferecida às crianças nas escolas oficiais. Enerva comprovar o crescimento do tráfico de drogas e da corrupção no serviço público. Importuna a quantidade de pedintes nas ruas em função do desemprego, da pobreza e da carência de moradia. “É de fazer chorar” ter de morar numa linda cidade cheia de poluição, vítima da displicência dos gestores que não cuidam da pobre infraestrutura da capital pernambucana. Foto: Firmino Caetano Junior.   Carlos Ivan. Olinda/PE