26 de agosto de 2014

Aterros dos rios pelo setor imobiliário é um descaso

Cada vez mais as construções imobiliárias estão ocupando as margens dos rios e causando aterros descontrolados e o mais grave: sem um órgão público para fiscalizar este crime contra o meio ambiente. A imagem mostra como o Rio Côngrua localizado no Agamenon Magalhães, na cidade Igarassu, Região Metropolitana do Grande Recife, vem perdendo grande parte de suas margens por conta dos aterros, que a cada cresce sem parar. Esse local deveria estar sendo ocupada pelas matas ciliares, para preservar o rio e não para especulação imobiliária. Foto: Fernando Melo. Igarassu/PE