26 de agosto de 2014

Projeto votado no Congresso Nacional, é um afronto ao cidadão

É uma afronta ao cidadão brasileiro o ridículo, inoportuno e desnecessário projeto votado no Congresso Nacional visando modificar "ç", "ch" e "ss" na ortografia da língua portuguesa utilizada no Brasil. Considerando que 75% dos brasileiros entre 14 e 65 anos de idade são analfabetos funcionais, ou seja, não sabem interpretar ou criar um simples texto, é fácil presumir que necessitamos de uma reforma educacional generalizada e principalmente da valorização dos professores ao invés de adequar a ortografia para aqueles que não aprendem o básico as escolas. Ainda mais vergonhoso é o fato de senadores e deputados custarem praticamente 1 milhão de reais por hora de "trabalho" ao contribuinte e desperdiçarem esse tempo valioso de um país pobre em discussões inúteis, enquanto projetos importantes ao desenvolvimento da nação continuam engavetados. Infelizmente essa prática é compreensível devido os princípios maquiavélicos que regem a política brasileira desde a proclamação da república. Foto: Luiz Solano. Daniel Marques. Virginópolis MG