8 de setembro de 2014

Indústria brasileira desmotivada

A indústria anda desmotivada. Apreensiva com o desaquecimento econômico. A desaceleração do consumo e o tombo das exportações parou o crescimento do setor industrial. Encolheu a produção, perdendo desempenho. A burocracia, a precária infraestrutura, a péssima qualificação profissional e a carência de poupança interna reduziram a produtividade. Induziram a economia a andar meio atravessada. A falta de eficiência, o atraso tecnológico, o medo da concorrência externa, a escapada dos investimentos e a carência de logística de transporte que, segundo a Confederação Nacional dos Transportes, requer a fabulosa soma de R$ 1 trilhão para eliminar os gargalos travam a economia.  O que salva o mercado de trabalho são os empregos sazonais que diminuem as filas do desemprego. Renova as esperanças para readquirir o folego perdido de modo a afugentar a estagnação do país. Foto: Fernando Melo. Carlos Ivan. Olinda/PE