12 de novembro de 2014

Os lucros dos planos de saúde e cobram o que querem dos clientes

No primeiro semestre deste ano, as operadoras de planos de saúde do Brasil gastaram R$ 48,8 bilhões. O total é 15,6% superior em relação ao mesmo período do ano passado, quando o custo foi de R$ 42,3 bilhões. segundo a Naciss, O total das mensalidades pagas pelos beneficiários chegou a R$ 58,6 bilhões, uma alta de 14,9% se comparado a 2013. Então, otimizem seus gastos porque o consumidor já paga caro demais. Se a diferença entre despesa e arrecadação dos planos de saúde continuar neste ritmo, a tendência é que a conta sobre para o usuário. Um absurdo. A cada ano, os reajustes dos planos são maiores e a situação é ainda pior nos casos dos planos empresariais, cujas operadoras cobram o que querem dos clientes. O curioso é que essa conta nunca fecha. Foto: Firmino Caetano Junior. Jamille Coelho. Editora do caderno de economia do Jornal Folha de Pernambuco