7 de dezembro de 2014

Não estão querendo mais atender os associados do Sassepe

Ao sentir o peso das ameaças de suspensão de atendimentos aos 200 mil servidores estaduais, o Sassepe, Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Pernambuco finalmente promete realizar um estudo econômico-financeiro visando sanar as extensas pendências do Estado com os prestadores de serviço de saúde aos beneficiários do plano. Faz tempo, espera-se o restabelecimento do equilíbrio financeiro que causam imensos prejuízos para o servidor e familiares. Devido aos atrasos de pagamentos que se estendem de maio a outubro, cujas faturas de hospitais e clínicas ultrapassam a cifra de R$ 1 milhão, a Sociedade de Oftalmologia de Pernambuco (SOPE) ameaçou paralisar os serviços a partir deste final de ano. O problema é que somente agora perceberam que o orçamento de 2014 está encerrado e não aceita mais despesas. O jeito foi transferir as obrigações do Estado com os valores atrasados para 2015, deixando o povo à míngua. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE