7 de janeiro de 2015

A meta é duplicar faturamento

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) deverá dobrar sua média de faturamento nos próximos quatro anos, alcançando a marca dos R$ 2 bilhões. A meta foi divulgada dia 05.12 durante a cerimônia de posse da nova diretoria da empresa. Reconduzido ao cargo que ocupa há quatro anos, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, destacou que o objetivo da companhia é consolidar e ampliar sua capacidade de investimento e melhorar ainda mais a prestação de seus serviços para os pernambucanos. A nova meta de faturamento da companhia foi calculada com base nos resultados alcançados no último governo, quando a empresa conseguiu sair de uma média de faturamento de R$ 500 milhões para R$ 1,120 bilhão nos seis primeiros anos da gestão. Agora, o desafio também é duplicar esse montante, porém num espaço de tempo ainda menor. Foto: Divulgação