6 de janeiro de 2015

Discurso de posse e suas contradições

Alguma coisa não combinou entre o discurso de posse e a apresentação do programa do novo governo central. Na formalização de posse foram usados com ênfase diversos temas de efeito, como austeridade, ajustes, corte de gastos, anulação de direitos, equilíbrio orçamentário, contas públicas no positivo, avanço na tecnologia, inovação e combate à corrupção. No entanto, a contradição ficou clara, quando foi mantido um gigantesco Ministério. Os 39 auxiliares diretos da presidência não podem representar apenas outro poço de despesas para um país decepcionado com eternos resultados negativos e um monte de insucessos de governabilidade? Foto: Agência EFE. Carlos Ivan. Olinda/PE