17 de março de 2015

A mulher é a vítima principal da violência no mundo

A Organização das Nações Unidas relata. Mesmo obtendo avanços, através da educação e da saúde, a mulher permanece vítima das atrocidades do homem. É a vítima central da violência no mundo. Segundo dados, constata-se que 35% das mulheres do planeta sofreram assédios físicos ou sexual, praticados pelos parceiros ou estupradores. O mais cruel tipo de abuso contra a mulher é a violência doméstica que, quando não fere, mata. O esquema dos agressores tem um ritual. Render a vítima, agredir, estuprar ou matar. Depois de registrar 16,9 mil assassinatos entre 2009 e 2011. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE