26 de março de 2015

Água que até o governador bebe

Li na coluna de Economia do Jornal Folha de Pernambuco o seguinte: Para tentar derrubar liminar do Ministério Público de Pernambuco, que a obriga a Compesa (Companha Pernambucana de Saneamento) a reduzir a tarifa em 10%, já que a pureza da água fornecida à população é duvidosa, o diretor de gestão corporativa da companhia, Décio Padilha, defendeu que a "qualidade da água é tanta que, inclusive, em todos os eventos do governo, Paulo Câmara bebe a água que sai direto da torneira". Mas, durante a posse da nova diretoria da estatal, o que se viu foi: todos presentes (diretores, convidados, imprensa,etc), tomando água mineral que estava sendo servida durante a posse. Como se explica isso? Com a palavra a Compesa, para nos informar se realmente o governador do estado toma a água fornecida pela companhia. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE