6 de março de 2015

Burocracia travam várias obras em Pernambuco

A falta recursos e a burocracia travam muitos projetos estruturadores em Pernambuco. São obras pendentes e de envergadura para a economia estadual, envolvendo milhões de reais, nas áreas de abastecimento d’água, seca, mobilidade, educação, segurança pública e no sistema prisional. Para concluir a Adutora do Agreste que beneficiará 68 municípios, faltam R$ 2 bilhões de reais. Na mobilidade, os corredores de transporte estão lentos (Foto). Na educação, pararam os projetos das escolas integrais e de ensino técnico. Na segurança pública, a sociedade espera a inauguração do Centro de Ressocialização de Itaquitinga. Cadê as obras hídricas para amenizar a longa estiagem. Foto: Obras da Adutora do Agreste. Cortesia: Compesa. Carlos Ivan. Olinda/PE