28 de março de 2015

Fundo de estatal sofre um rombo

O fundo estatal Postalis, dos funcionários e pensionistas dos Correios, sofreu um rombo de R$ 5,6 bilhões. Caso as investigações confirmem o extraordinário buraco, querem descontar nos salários dos funcionários do ECT, pelo prazo de 15 anos, uma contribuição extra de 25,98% para cobrir o golpe. Liquidar o monstruoso déficit herdado de investimentos suspeitos, de pouca rentabilidade. Eita que petrolão cometeram também no Postalis. Semelhante ao da Petrobrás. Desconfia-se que o fundo de pensão dos empregados da Caixa, o Funcef, também embarcou noutro barco furado. Contabilizando bilionário prejuízo. No caso do Postalis, duas ações entraram na Justiça Federal buscando resposta. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE