10 de março de 2015

Nem o Papa resolve a impunidade neste País

Um país administrado na base da corrupção perde respeitabilidade. Conceito. Tem a moral abalada no conceito mundial. Um país onde o topo administrativo é composto por senadores, deputados, ex-governadores e políticos investigados por escândalos de corrupção, desconhece a redemocratização implantada em 1980. Um país que age sem transparência, não altera a complexa e deficiente estrutura do serviço público, montada exclusivamente para espezinhar a população, carece de princípios éticos. Foi a ausência de fiscalização que fez o Brasil entrar pelo cano, graças à impunidade, a lei anti-nepotismo que também não funciona e por ai vai. Foto: Luciana Moura. Carlos Ivan. Olinda/PE