21 de abril de 2015

Menos infrator: um problema social brasileiro

Complicadíssimo problema social brasileiro. Recuperar o de menor, de 12 a 18 anos, desprovido de equilíbrio social, mas dependente de drogas, é uma encruzilhada. Reabilitar o jovem infrator que assalta, rouba, sequestra, estupra, mata, aniquila famílias, extrapola os limites da segurança pública, prendendo em cadeias comuns, como são os centros da Fundação Casa, misturando novatos com experientes marginais do mundo do crime não é a solução. O Estatuto da Criança e do Adolescente, desatualizado, não indica o caminho. Na Inglaterra e Japão, a responsabilidade penal se estende para os 21 anos. Mas, proíbe o jovem preso de rir, debochar, ironizar a sociedade, criticar a polícia e a Justiça, como no Brasil, por falha da segurança pública. Foto: Reprodução de TV. Carlos Ivan. Olinda/PE