16 de abril de 2015

Túnel inacabado e assim mesmo foi inaugurado

Bastou ser entregue ao tráfego para o motorista notar logo após a inauguração, alguns defeitos no Túnel da Abolição, da Avenida Caxangá, ainda em fase de conclusão. Apesar de seis adiamentos e custar R$ 23 milhões, a construção mostra como as obras públicas são feitas utilizando material de inferior qualidade. O motorista que cruza o túnel, incontinenti percebe as infiltrações nas paredes, oriundas do lençol freático. Coisa que os construtores, parece, não perceberam ou se notaram fizeram vista grossa.  Agora, para sanar o problema, farão vedação de concreto nas paredes para não comprometer a estrutura do importante túnel no futuro. Evitar que a água permaneça escorrendo no piso da obra. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE