26 de abril de 2015

Um afronto aos pernambucanos

É uma afronta aos pernambucanos, que sofrem com o precário serviço de fornecimento de energia elétrica, os benefícios tarifários concedidos à Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). A Agencia Nacional de Energia Elétrica acaba de anunciar novo reajuste ordinário, a contar a partir de 29 de abril próximo. Para os consumidores residenciais, o reajuste foi de 11,19%, e, para as indústrias, de 10,91%. Estes reajustes só são possíveis devido às “facilidades” incluídas no contrato de concessão. Ao calcular o reajuste, a Aneel considera os custos que a empresa teve, mas que não acompanham o índice inflacionário, pois apresenta valores superiores ao índice oficial da inflação. Portanto, está nos contratos de privatização a “armadilha” que torna os aumentos nas contas de energia tão exorbitantes. O povo fica calado, os políticos nada fazem contra este descalabro e fica tudo por isso mesmo. Uma vergonha. Foto: Firmino Caetano Junior. Heitor Scalambrini Costa. Recife/PE