28 de abril de 2014

Legalização da maconha

Merece ser discutido pela sociedade e votado urgentemente o projeto de lei 7270/2014 que regulamenta o uso, o cultivo e o comércio da maconha no Brasil. As diversas marchas e o recorde de aprovações nas enquetes do Senado, Câmara dos Deputados entre outras, revelam que a a maioria da sociedade, setores do legislativo, judiciário e até das forças policiais aprovam a descriminalização como forma de minimizar a criminalidade, diminuir a população carcerária, retirar parte do lucro do crime organizado e gerar arrecadação aos cofres públicos, criando empregos e renda. Nos Estados Unidos só no estado da Califórnia a maconha movimenta US$ 1 bilhão por ano e gera mais de US$ 100 milhões em impostos para o governo sendo parte da arrecadação para a prevenção do uso e tratamento de pessoas que abusam da substância. É questão de tempo para a sociedade e nossos representantes perceberem que a proibição só tem gera prejuízos, visto que não conseguem impedir a entrada de drogas  em uma prisão de segurança máxima e os maiores revendedores são figurões acima de qualquer suspeita e intocáveis pela lei e os homens. Foto: Divulgação. Daniel Marques. Virginópolis/MG