7 de junho de 2014

É preciso economizar e preservar o meio ambiente

O crescente número de habitantes no planeta exige cada vez mais recursos naturais para atender os novos consumidores, entretanto ainda existe uma cultura do desperdício em diversos locais e realizada por pessoas que desconhecem ou ignoram a diminuição dos recursos. Essa cultura do consumismo com o pretexto de geração de emprego e renda é aceita e valorizada em nossa sociedade, entretanto só esgota a capacidade de os ambientes se recuperarem, produz lixo em excesso e inflaciona os preços. Em minha residência, por exemplo, passei a coletar em um balde aquela água fria que sai do chuveiro antes da água quente e ao final de um mês eu havia economizado o suficiente para abastecer a casa por um dia, entre outras ações que a necessidade de poupar nos impõe. Portanto, me revolta ver o cidadão lavando calçadas com água limpa e tratada ou estabelecimentos com luzes acesas durante o dia, como também postes de iluminação pública (como este da foto), pois o fato de estarem pagando pelo uso não os permitem desperdiçar algo fundamental ao coletivo. Foto: Firmino Caetano Junior. Daniel Marques. Virginópolis/MG